quinta-feira, 2 de março de 2017

REFLEXÃO: TEMPO PARA TUDO



"Tudo tem o seu determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu."
Eclesiastes 3:1


  Com frequência desejamos que as coisas de que gostamos jamais se acabem. Preferiríamos agarrar-nos a elas e mantê-las para sempre. Detestamos despedidas e os sentimentos que as acompanham. Todavia, fins são significativos. O modo de encará-los determinam nossa perspectiva da vida. Fins podem indicar conclusão, sendo motivo para celebração. Sem dúvida, fins não podem ser evitados.
  Não importa quanto o transfiramos e adiemos, de repente o fim está ás portas. Essa evitação resistência a fins podem fazer com que percamos a comemoração. Além disso, precisamos de fins para os acontecimentos de nossas vidas. Tudo tem seu tempo, ensinou o autor de Eclesiastes: tempo de louvor, tempo de brincar, tempo de rir, tempo de chorar. Tudo tem um começo e um fim.
  Além de serem acontecimentos em si mesmo, fins são o prelúdio de começos. Podemos perguntar a nós mesmos: o que virá agora?
Podemos ser pessoas melhores quando consideramos cada novo começo com antecipação, e quando aprendemos a fazer de cada novo começo motivos para celebração.

"Você é a única pessoa que pode lhe parar permanentemente"

"Vós não sabeis que sucederá amanhã. Que é a vossa vida? Sois, apenas, como neblina que aparece por instante e logo se dissipa". (Tiago 4:14)




Historia do livro: Devocional dia a dia com Deus - Editora DCL


Grande beijo!


Lay.

Nenhum comentário:

Postar um comentário